sábado, 14 de maio de 2011

Atividade "Egito" 6º Ano

                                                                TEXTO 4
“A religião do Egito Antigo, que acreditam ser politeísta, era na realidade monoteísta, assim como todas as grandes religiões do mundo. Hoje em dia, todos concordam em ver as inúmeras divindades dos templos egípcios (...) como intermediárias do Ser Supremo (...).
A idéia dominante era a de um Deus único (...) definido pelos sacerdotes como: aquele que nasce de si mesmo, o Príncipe de toda forma de vida, o Pai dos Pais, a Mãe das Mães, e diziam também (...) que é por sua vontade que resplandece o
sol, a terra está separada do firmamento e a harmonia reina sobre a criação.”
(CHALABY, Abbas. Egito. Firenze: Casa Editrice Bonechi, 1982, p.8, citado em BOULOS JÚNIOR, Alfredo. História: sociedade & cidadania. 5ª Série. São Paulo: FTD, 2004, p. 101.)

                                                       TEXTO 5
“Segundo o historiador Heródoto, os egípcios eram os mais religiosos dos homens. Eram politeístas, ou seja, adoravam vários deuses. (...).
Tinham deuses com forma humana – Osíris e Ísis são dois exemplos – e com forma humana e animal ao mesmo tempo,
como Hórus, homem com cabeça de falcão. Em algumas cidades havia templos onde os animais sagrados eram adorados. Depois de mortos, eles eram enterrados com toda a pompa e respeito.

(Ferreira, Olavo Leonel. Egito: a terra dos faraós, p. 33, citado em BOULOS JÚNIOR, Alfredo. História: sociedade & cidadania. 5ª Série. São Paulo: FTD, 2004, p. 101.)

30. Compare os dois textos e destaque em que os dois autores concordam.

31. Compare os dois texto e destaque em que os dois autores discordam.

32. Explique o que é politeísmo.
33. Explique o que é monoteísmo.
(Adaptado de Unesp 1992) O historiador grego Heródoto (484-420 a.C.) viajou muito e deixou vivas descrições com reflexões sobre os
povos e as terras que conheceu. Deve-se a ele a seguinte afirmação: "o Egito, para onde se dirigem os navios gregos, é uma
dádiva do rio Nilo".

34. A partir da afirmação acima, relacione a importância do meio físico e da ação humana na formação da Civilização Egípcia.

35. Explique como o Estado controlava a produção agrícola no Egito antigo.

36. Por que podemos afirmar que através da mumificação os egípcios desenvolveram a medicina?

37.Qual era a base da economia egípcia?

38. O povo egípcio trabalhava e governava livremente o Egito? Explique.

39.O que é um governo teocrático (ou uma teocracia)?

40. Politicamente, o Egito Antigo era caracterizado como:
a) Império Teocrático.
b) Monarquia Constitucional.
c) República Teocrática.
d) Império Escravista.
e) Cidades-Estado.

41. (Adaptado de FGV 1997) Um império teocrático, baseado na agricultura, na arregimentação de camponeses para grandes obras e
profundamente dependentes das águas de um grande rio. Esta frase se refere aos:
a) fenícios e a importância do Tigre;
b) hititas e a importância do Eufrates;
c) sumérios e a importância do Jordão;
d) cretenses e a importância do Egeu;
e) egípcios e a importância do Nilo.

42. (Adaptado de FUVEST 1998) A partir do III milênio a. C. desenvolveram-se, nos vales dos grandes rios do Oriente Próximo, como
o Nilo, o Tigre e o Eufrates, estados teocráticos, fortemente organizados e centralizados e com extensa burocracia. Uma explicação
para seu surgimento é:
a) a revolta dos camponeses e dos artesãos nas cidades, que só puderam ser contidas pela força dos governos autoritários.
b) a necessidade de coordenar o trabalho de grandes contingentes humanos, para realizar obras de irrigação.
c) a influência das grandes civilizações do Extremo Oriente, que chegou ao Oriente Próximo através das caravanas de seda.
d) a expansão das religiões monoteístas, que fundamentavam o caráter divino da realeza e o poder absoluto do monarca.
e) a introdução de instrumentos de ferro e a conseqüente revolução tecnológica, que transformou a agricultura dos vales e levou à
centralização do poder

43. (Adaptado de UEL 1997) A arquitetura dos templos do antigo Egito forneceu para a posteridade a mais fértil e expressiva
documentação sobre a cultura egípcia. Entre suas principais características pode-se indicar a:
a) ausência de telhados, uma vez que a chuva era muito rara.
b) utilização de tijolos de argila queimada na construção de paredes, escadarias e de colunas.
c) grandeza nas dimensões e construções sólidas.
d) utilização de diversos tipos de materiais, conforme as figuras retratadas.
e) preocupação em unir arte e ciência em uma mesma construção.
• (Adaptado de Ufc 2002) Observe a ilustração, apresentada a seguir.

44.Considerando a representação da escrita egípcia, é correto afirmar que:
a) a utilização de inscrições decorativas favoreceu a escrita em virtude de facilitar a compreensão da escrita pelo povo.
b) os sinais apresentados eram conhecidos por grande parte da população livre.
c) o grande número de sinais utilizados tornava complexa a representação do que se queria dizer.
d) a diversidade de sinais utilizados na escrita foi o resultado de uma imposição dos sacerdotes egípcios.
e) os desenhos elaborados representavam uma simplificação da escrita hierática.
(Adaptado de Ufsm 2006) Entre os tesouros encontrados no túmulo de Tutankhamon (faraó que reinou entre 1332 e 1322 a.C.),
encontram-se varias esculturas e outros artefatos produzidos por trabalhadores desconhecidos pela história.

45. Dos artesãos e trabalhadores em geral que produziram o túmulo e suas riquezas, não se acharam vestígios. Sobre esses
artesãos e trabalhadores em geral, pode-se afirmar:
I. Eram cidadãos do Estado egípcio e, como tais, tinham direitos semelhantes aos dos seus reis e patrões.
II. Serviram aos soberanos egípcios e garantiram a sobrevivência dos valores deles através de obras artísticas.
III. Eram operários das obras funerárias dos reis e aristocratas e tinham seus direitos garantidos por severa legislação do Código de Hamurabi.
IV. Eram homens e mulheres que entregavam o trabalho e a vida para que a grandeza do Estado egípcio se perpetuasse no tempo.
Está(ão) correta(s)
a) apenas I.
b) apenas I e II.
c) apenas II e IV.
d) apenas III e IV.
e) I, II, III e IV.

46. (Unesp 1992) Os Estados Teocráticos da Mesopotâmia e do Egito evoluíram acumulando características comuns e peculiaridades culturais. Os Egípcios desenvolveram a prática de mumificar o corpo humano porque:
a) se opunham ao politeísmo dominante na época.
b) os seus deuses, sempre prontos para castigar os pecadores, desencadearam o dilúvio.
c) depois da morte a alma podia voltar ao corpo mumificado.
d) construíram túmulos, em forma de pirâmides truncadas, erigidos para a eternidade.
e) os camponeses constituíam categoria social inferior.

                                                          Beijinhos!!!!!!!!!!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário